Alunos da UFRB ganham etapa Nordeste do Intercom

Com o prêmio, os alunos do curso de Comunicação Social/Jornalismo classificam a Rádio Quilombo para fase nacional.

Lucas Mascarenhas

Os estudantes do quarto semestre de jornalismo: Camilla Souza (21), Caíque Fialho (21), Giovana Ramos (20) e Luana Souza (21), levaram o nome da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia para o Expocom, que ocorreu dentro do Intercom Nordeste no início do mês de julho. O rádiojornal quilombo ganhou a categoria júnior (discentes) de produto radio jornalístico e agora concorre em nível nacional com produções de todo o Brasil.

O rádio jornal Quilombo serviu como componente avaliativo da disciplina de Rádiojornalismo II, ministrada pela professora Daniela Ribeiro e abordou uma realidade pouco explorada das comunidades de Cachoeira e em especial da comunidade de Santiago do Iguape. De forma dinâmica foram apresentados problemas e curiosidades dessa região além de trazer entrevistas que validaram a diversidade de informação. Entre os temas abordados estavam os benefícios dados aos pescadores da região do Iguape, as condições de trabalho das marisqueiras e informações sobre a bacia do Iguape. Tudo na linguagem radiofônica, um requisito avaliativo do rádio jornal.

De acordo com o grupo a maior dificuldade era a de locomoção, devido à distância entre Cachoeira e a comunidade do Iguape, além da carência de transporte. “A principal dificuldade era o deslocamento até a comunidade de Santiago do Iguape, que não conta com uma linha de transportes regular. Fora isso, não tivemos problemas”.

Para conseguir a quantia necessária e apresentar o produto no Intercom Nordeste, em Fortaleza, o grupo precisou de criatividade, como diz Camilla Souza. “Conseguimos levantar recursos através de um bazar feito na Universidade e recorremos a professores do Centro, vereadores e pessoas da comunidade. A Propaae não nos ajudou, alegando pouco prazo para a solicitação”.

Página do instagram, onde o grupo anunciava os itens que estariam à venda.

O “Bazar das najas”, como foi apelidado, aconteceu entre os dias 12 e 14 de junho, servindo de grande importância na arrecadação de recurso que custeassem o transporte e a hospedagem do grupo. Uma página no instagram foi criada para divulgar os produtos que foram vendidos no próprio CAHL. Livros, CDs, DVDs, roupas, acessórios e até brigadeiros foram comercializados afim de levantar a quantia necessária. A ideia deve ser repetida pelos estudantes em prol da viagem para Curitiba, onde irá ocorrer a fase nacional do Intercom, em setembro.

Esta é a primeira vez na história da UFRB em que estudantes de comunicação concorreram e ganharam um prêmio no Intercom Nordeste. Também a primeira vez em que um produto da universidade é finalista em uma premiação nacional de comunicação. Sobre a importância do prêmio, eles ressaltam: “Para nós, o prêmio foi uma afirmação de que estamos no caminho certo, e que podemos sim desenvolver projetos e ações dentro do Jornalismo que possam mudar uma realidade. Para o curso também é um grande ganho, já que é a primeira vez que um trabalho desenvolvido por estudantes de comunicação na UFRB é premiado em um congresso de comunicação. E isso com certeza abre portas para que outros professores estimulem a participação de seus alunos em eventos como esse e mostrem o que têm feito”.

A possibilidade de estudantes da UFRB estarem concorrendo ao Intercom Nacional após ganharem a fase Nordeste estimulou os estudantes de jornalismo a construírem, em um futuro próximo, trabalhos com maior empenho na qualidade e diversidade dos formatos e assuntos. O estudante de jornalismo, Cícero Bernar, 22, confirma o entusiasmo: “Um prêmio desse porte para o jornalismo da UFRB é de extrema importância para o corpo discente do curso. Particularmente me motivei a fazer produtos jornalísticos que tenham qualidade necessária para ganhar um prêmio também. Agora sei que somos vistos e podemos competir com universidades que existem há mais tempo e possuem mais recursos”.

A fase nacional do Intercom ocorre entre os dias 4 e 9 de setembro, em Curitiba, Paraná e a programação completa já está disponível no site: www.portalintercom.org.br/eventos1/congresso-nacional/20173.

Créditos da foto destaque: Maiane Pereira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *