Centro de Artes, Humanidades e Letras – Cachoeira e São Félix.

Natália Dourado Lopes

Cacheira – Como a demanda está maior que a oferta, a perspectiva é expandir o campus da UFRB de Cachoeira para São Félix. Este é um projeto que vem sendo debatido há algumas gestões e novos debates, quanto as aquisições para alocar a universidade, volta às pautas das discussões.

O local mais apropriado para acomodar a nova unidade da UFRB em São Félix, é um prédio da prefeitura, onde hoje funciona a casa de estudantes do CAHL. Porém a prefeitura foi contemplada pelo projeto Minha Casa Minha Vida, do governo federal, e compete pelo mesmo espaço. A prefeitura não pode ceder o terreno, então, a universidade procura outro ambiente para comprar e posteriormente, permutar.

Na Câmara Municipal de São Félix estão indicadas para desapropriação o Chalé dos Guines, do Espaço Zumbi, e o prédio do INSS. Mas, segundo Antônio Taffarell, coordenador geral de Políticas Afirmativas no CAHL, a Universidade não tem desempenhado um papel de fato para se apossar desses imóveis. “Falta um diálogo para a Universidade sair da inércia e se articular com o poder público local. A relação entre o município e a gestão da Universidade ainda é tímida”, conclui.

Foi aprovado no Conselho Diretor de Centro, por unanimidade,  a mudança de nome de Centro de Artes, Humanidades e Letras – Cachoeira para Centro de Artes, Humanidades e Letras – Cachoeira e São Félix.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *