Combate a Hanseníase mobiliza cachoeiranos

Adonis Matos

Cachoeira – A unidade ESF (Estratégia Saúde da Família) da Rua da Feira, realizou 30 atendimentos dermatológicos durante a ação de combate à hanseníase, promovida durante o dia ontem como parte das atividades da Campanha Nacional de Combate e Prevenção à Hanseníase.

Os principais sintomas são manchas na pele e dormência. As pessoas que compareceram fizeram consultas sem encaminhamento médico. Ainda como parte da estratégia de combate e prevenção à doença, foram distribuídos folhetos educativos com orientações sobre os sinas e sintomas da doença.

1558411_276152489202949_111951519_n
Ana Lúcia(a esquerda) sendo examinada

A autônoma Ana Lúcia Leal Amorim, de 60 anos, soube do evento através da irmã que escutou o anúncio no rádio. Ela aproveitou a oportunidade para tirar dúvidas e fazer consulta. “Estou com uma mancha que apareceu há dois anos e depois da consulta fiquei mais aliviada. A ação me ajudou a entender o que é a hanseníase e como se transmite”, contou Ana Lúcia.

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Cachoeira, Cátia Fernandes, explicou que, “em casos de suspeita ou confirmação da hanseníase, as pessoas examinadas serão encaminhadas para iniciar o serviço de acolhimento, acompanhamento e tratamento da doença, feito por profissionais de saúde de cada unidade”.

Doença

A enfermidade, também conhecida como lepra, forçou o isolamento de muitos pacientes durante séculos. A doença infecciosa, causada pelo bacilo de Mycobacterium Leprae, afeta os nervos e a pele. Existem quatro tipos da doença: intermediária, tuberculóide, dimorfa e wirchoviana. Nos dois primeiros tipos, o tratamento leva seis meses. Nas formas contagiosas, o paciente deve usar o medicamento durante um ano. Isso a depender do estado clínico.
A hanseníase não é hereditária e sua transmissão é feita pelas vias aéreas. A infecção acontece através do contato íntimo e diário. O contágio ocorre em condições sanitárias deficientes e de subnutrição. Redução ou perda de sensibilidade a temperaturas e à dor; aparecimento de manchas pálidas, esbranquiçadas ou avermelhadas; dormência no corpo; aparecimento de inchaços no rosto, orelhas, mãos e cotovelos; e entupimento constante no nariz são indícios da doença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *