Embasa amplia rede de água em cidades do Recôncavo

Torre  para bombear água até Cruz das Almas foi instalada próximo ao entroncamento de Governador Mangabeira. |Foto: Karla Santana
Torre para bombear água até Cruz das Almas foi instalada próximo ao entroncamento de Governador Mangabeira. |Foto: Karla Santana

Karla Santana

 

Cruz das Almas – Devido ao crescimento da região, fez-se necessária a renovação e ampliação da rede, que fornece água para Muritiba, Governador Mangabeira, Cruz das Almas e toda região circunvizinha.

A Embasa está investindo mais de 16 milhões de reais na obra de ampliação da rede de abastecimento de água. Este é um projeto que vem sendo cogitado há vários anos. Sua demora ocorreu devido ao fato da Embasa ser uma empresa ser pública e depender de licitações para iniciar suas obras. Foi preciso primeiramente abrir uma concorrência pública nacional e a empresa que ficar responsável pela execução da obra precisa mostrar a documentação comprovando sua competência para inicio e conclusão do projeto. Mesmo com todo esse processo as obras se atrasaram devido problemas legais envolvendo a primeira Empresa que cuidaria das obras.

A água que abastece Cruz das Almas e região vem do Rio Paraguaçu através da Pedra do Cavalo, passando pela estação de tratamento que fica no entroncamento de Muritiba. Como a quantidade de água não era suficiente para atender a demanda de toda região, atende as cidades de Governador Mangabeira, Muritiba, São Felix e partes altas de Cachoeira. O novo sistema de abastecimento de água passará por Nova Aparecida, Murici, Catinguinha, dentre outras localidades, até chegar a Cajá em Cruz das Almas e de lá seguirá para Sapeaçú e Conceição do Almeida e cidades próximas.

A iniciativa de ampliação da rede veio da própria Embasa após ver a necessidade e reclamações da população. Bem na hora, pois o sistema de água de Cruz das Almas já tem 40 anos, durante esse tempo a cidade cresceu muito, necessitando de nova reformulação na rede.

 

Sistemas Integrados de Abastecimento de Água

Com a ajuda do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) do Governo Federal, a Embasa pode finalmente colocar o projeto, pensado há anos, em prática.

O Sistema Integrado de Abastecimento de Água interliga várias cidades e através dessa ligação, feita por tubos subterrâneos, faz com que a água chegue aonde a população necessita. A água será bombeada através das chaminés, instaladas ao logo da BR 101 que passa por Governador Mangabeira e de lá seguira para Cruz das Almas através do impulso da gravidade. A conclusão está próxima, mas em sua fase de desenvolvimento, encontrou dificuldades de todos os tipos incluindo geográfica, a exemplo do túnel que precisava ser feito para passagem da tubulação. Durante a escavação, que passa por baixo da ferrovia, descobriu-se que havia rochas no subsolo e foi necessário autorização do Exercito para utilização de explosivos para que a obra continuasse.

Segundo Luiz Carlos, Engenheiro da Embasa, esse novo sistema está previsto para funcionar completamente já a partir desse mês de abril, beneficiando todas as cidades da região. A espera é apenas para conclusão dos últimos testes que estão sendo feitos na rede e reparo de possíveis falhas.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *