Grupo Boticário revitalizou a Praça da Matriz em São Gonçalo dos Campos

Canteiro em torno da árvore
Canteiro em torno da árvore
Praça da Matriz
Praça da Matriz

 

 

Lixeiras Seletivas
Lixeiras Seletivas

 

 

 

 Beatriz Medeiros

São Gonçalo dos Campos –  O Grupo Boticário, juntamente com a prefeitura de São Gonçalo dos Campos e a colaboração dos moradores, promoveram a revitalização da Praça Pe. Bráulio Seixas, conhecida como a Praça da Matriz.

Segundo a assessoria do grupo, O projeto teve como objetivo dar uma nova aparência ao jardim, já que a praça é um dos pontos turísticos da cidade. O local recebeu bancos, iluminação, lixeiras seletivas, canteiros em torno de algumas árvores, pintura, além de rampas de acessibilidade.

A cerimônia de reinauguração contou com a presença do prefeito Antônio Dessa Cardozo (Furão), com os representantes do Grupo Boticário, os comerciantes da cidade e a população em geral.

Além de ajudar com a renovação da praça, o grupo distribuiu flores aos moradores e promoveu brincadeiras com as crianças, onde contou com o passeio de trenzinho, parque de diversões, além da distribuição de cachorro quente, pipoca, refrigerante e picolé.

O Grupo Boticário investindo na cidade

O Boticário está investindo R$535 milhões na Bahia. O grupo está construindo uma fábrica em Camaçari e um centro de distribuição em São Gonçalo dos Campos.

Segundo a presidência do grupo, a decisão tomada faz parte do plano de expansão da empresa paranaense para a região Nordeste, o que dará suporte à produção de três marcas do Grupo Boticário: O Boticário e Eudora, além da recém lançada marca de maquiagem, ‘quem disse, Berenice?’.

O interesse do grupo é inserir a empresa em um município que precisa de desenvolvimento, pois além de estar próximo a Feira de Santana, São Gonçalo vai nos dar a oportunidade de estar em um município que está em processo de desenvolvimento

O investimento no centro de distribuição na cidade é de R$155 milhões e a previsão é que em abril, o centro já esteja em pleno funcionamento devendo gerar cerca de 700 empregos diretos, o que ajudará a dinamizar ainda mais a economia do município.

Segundo informações do prefeito Antônio Dessa, quando começar a funcionar, a empresa vai gerar algo em torno de 6 milhões de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestações de Serviços) por ano. Esse valor ficará metade com São Gonçalo e metade com o Governo do Estado. O que colocará o município como ponto estratégico de investimentos para grandes grupos empresariais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *