Jovem de Cruz das Almas leva projeto de UCT para a Secretária de Saúde

Fernanda Lemos

 

Visita a Secretária de Saúde
Visita a Secretária de Saúde

Cruz das Almas – Com apenas 16 anos, o estudante Éverton Oliveira apresentou uma projeto de instalação de uma UCT (Unidade de Coleta e Transfusão de Sangue) do Hemoba na cidade de Cruz das Almas. O jovem foi até a Secretária de Saúde da cidade e apresentou o seu projeto.

“O projeto nada mais é do que a instalação de um posto fixo do Hemoba em nossa cidade. Como uma forma de beneficiar a população com um equipamento na área de saúde que irá atender a demanda dos doadores existentes no município, sem a necessidade dos mesmos se deslocarem a outras cidades” explica Éverton.

Segundo a SESAB (Secretaria de Saúde do Estado da Bahia) a Hemoba é composta por uma rede de 24 Unidades Hemoterápicas de coleta e processamento de sangue em todas as regiões do Estado, mas a cidade de Cruz das Almas não este incluída na lista e esse foi um dos motivos que levaram Éverton Oliveira a sugerir a instalação na cidade.

“Cruz das Almas tem uma população estimada em 70 mil habitantes, além de sediar uma Dires (Diretoria Regional de Saúde) e não fazer parte da hemorrede estadual, é uma grande injustiça”, reclama Éverton.

O Secretário de Saúde de Cruz das Almas, André Eloy, se mostrou empenhado em fazer o possível para que o projeto fosse concretizado. Segundo ele os custos para a instalação de uma UCT do Hemoba são muito altos, mas ele prometeu que se esforçaria juntamente com o executivo para a inauguração deste importante órgão na cidade.

“Acolhi a sugestão e recomendei a equipe técnica que desse celeridade ao processo de viabilidade técnica do projeto. Sinceramente fico encantado com a participação de jovens na administração de nossa cidade. É algo que me anima muito”, afirmou o Secretário.

O projeto anima a população, pois com a instalação da Unidade em Cruz das Almas, não será mais necessário se deslocar até outra cidade para poder doar sangue. “Eu acho que é um ótimo projeto, pois aqui na cidade tem muitos doadores que precisam ir para outras cidades para poder doar e outras tantas pessoas que tem vontade de doar, mas não podem ir até as Unidades do Hemoba em outras cidades”, comenta Tatiane Silva, estudante e moradora de Cruz das Almas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *