Seis municípios do Recôncavo da Bahia recebem o projeto Kotebá

O grande dia do Kotebá acontece sempre ao domingos.
O grande dia do Kotebá acontece sempre ao domingos.

Danilo Valverde

Depois de passar por cinco cidades do Recôncavo da Bahia, o projeto Kotebá chega este mês a São Félix. Com dança, música, teatro e recreação infantil, o projeto será realizado no bairro 135, comunidade localizada próxima à barragem da Pedra do Cavalo. A ação pioneira visa introduzir o teatro africano no território do Recôncavo.

As apresentações começaram em outubro do ano passado na cidade de Castro Alves. Em novembro, o projeto chegou ao município de Conceição do Almeida e em dezembro a intervenção aconteceu em São Felipe. No mês de fevereiro, foram contemplados os moradores do bairro Projeto, em Governador Mangabeira. Março, foi a vez de Maragogipe acompanhar o espetáculo.

Originado na região do Mali, através da etnia Bambara, o teatro kotebá utiliza os problemas enfrentados pela própria comunidade para a criação dos personagens e montagem do espetáculo. A peça é dividida em três momentos, no primeiro momento o público identifica os personagens do bairro, em seguida há a interação desses personagens e no terceiro momento os espectadores interagem com os atores. O evento acontece durante todo o dia, e além da peça, o Kotebá realiza oficinas, e recreação infantil.

A próxima intervenção foi no bairro 135, na cidade de São Félix no dia 26 de abril. Todas as atividades são gratuitas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *