Trabalhadores Sem Terra chegam a Salvador e conseguem reunião com o Governo

Wiliane Passos
Depois de sete dias de caminhada e 116 quilômetros percorridos, manifestantes terão as principais reivindicações atendidas.
Integrantes do Movimento Sem-Terra se reuniram em Feira de Santana na segunda-feira, dia 9, iniciando uma marcha em direção a Salvador. O percurso foi de 116 quilômetros a serem percorridos em sete dias. O grupo chegou na capital baiana nesta terça-feira, dia 17.
A intenção foi entregar a pauta de reivindicação ao Governo do Estado e ao INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária)
De acordo com o Governo do Estado as principais reivindicações entregues pelos líderes do MST serão atendidas. Leia mais:
Cerca de seis mil pessoas de diferentes partes do estado se uniram para reivindicar terras e a agilidade na reforma agrária, além de defender os direitos da população e do patrimônio nacional.
As mulheres Sem Terra também denunciaram as desigualdades sociais, a violência, o modelo capitalista e o agronegócio no país durante a abertura da marcha Estadual do MST na Bahia iniciado na praça da prefeitura de Feira de Santana que reuniu cerca de 3.000 trabalhadoras do campo e da cidade. A partir daí o grupo seguiu para Salvador. Leia mais:
FOTO: Página do MST
A marcha faz parte da Jornada Nacional de luta pela Reforma Agrária, promovida pelo MST todo ano nessa época. Outros movimentos semelhantes ocorreram ao mesmo tempo em diferentes estados do Brasil.
Mais de 30.000 Sem Terra realizam ações em 23 estados durante jornada de luta. Saiba mais:
#mst #movimentosemterra #movimentação #luta #reformaagraria #marcha #bahia

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *