UFRB ajuda desenvolvimento do comércio de Cachoeira

Adonis Matos

Cachoeira – Depois de oito ano funcionando em Cachoeira, o Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL), da UFRB, causou impactos na vida da cidade no que diz respeito ao trânsito, ao aumento de bares e restaurantes além dos aluguéis que se tornaram ótima fonte de renda.

O progresso trazido pela universidade para a população também acarretou questões incomuns, tais como: a militância dos estudantes contra as barreiras moralistas sociais, bem como exigência de liberdade sexual de todos os gêneros e legalização de uso de drogas consideradas naturais.

Crescimento comercial

Na economia, o mercado imobiliário e comercial foram os que mais se desenvolveram. Alugar casas passou a ser fonte de renda direta para alguns moradores, agora não mais apenas no período junino. Do mesmo modo investir em restaurantes e lanchonetes próximo a universidade tornou-se garantia direta de lucro.

Ivonildo Paulo proprietário do restaurante Maktub que tem o estabelecimento desde antes da instalação da universidade, revela que começou com um pequeno espaço e poucos funcionários. E seu crescimento se deu juntamente com a evolução da UFRB. Hoje possui um comercio estável onde mais da metade do seu público é de estudantes e servidores da universidade.

Para Adenor da Silva que possui a lanchonete Mineirão Lanches há quatro anos, na Praça do Correio, as pessoas não tinham visão econômica naquela região. Com a universidade expandindo e consequentemente aumentando o fluxo de pessoas, o consumo aumentou. E hoje sua meta é ampliar seu negócio para servir além dos tradicionais lanches, refeições. O aumento da concorrência não é vista como um ponto negativo por Adenor, para ele, o progresso trazido pela universidade para cachoeira, pode beneficiar a todos.

O Imobiliário Junior Oliveira, que trabalha nesse mercado há nove anos, diz que começou com seis imóveis de alugueis, e hoje possui 13. Mas para Junior alugar locais comercias hoje é o que está em alta, devido a cidade não dispor de tantos espaços no centro para a abertura de novos comércios.

Mas, nem tudo é positivo na visão deles. Devido ao aumento da criminalidade, os assaltos e tráficos de drogas. O aumento do consumo de drogas na cidade, e consequentemente os embates de quadrilhas rivais, se dá devido ao crescimento do número de consumidores, que na opinião dos moradores vieram junto com a universidade, no caso os estudantes. O que não procede, o consumo ocorre por uma minoria. Incapaz de ser a causa sozinha de tamanhos transtornos, declara estudantes.

O que ocorre é a falta de atenção necessária por parte das autoridades do município para essa questão. Que afeta estudantes e moradores diretamente. Constantemente assaltos e arrombamentos de casas são registrados, chegando a casos de desistência de estudantes por falta de segurança.

A instalação da primeira universidade pública da cidade, mudou não apenas a sua realidade como de toda a região do recôncavo. Junto com a universidade surgiram progressos e com eles novas questões as quais a população e autoridades vem se habituando. É Cachoeira deixando de ser vista como mera rota turística e passando a ser reconhecida também como um polo universitário de oportunidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *