A dança na filosofia: uma análise a partir do pensamento de Nietzsche e da obra O lobo da estepe de Hermann Hesse

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31977/grirfi.v22i2.2919

Palavras-chave:

Dança; Vida; Leveza.

Resumo

O presente artigo busca analisar como o fenômeno da dança se apresenta na filosofia, sobretudo, a partir das reflexões do filósofo alemão F. Nietzsche. Para realçarmos nossas hipóteses recorreremos à obra literária O Lobo da Estepe do escritor alemão Hermann Hesse. Sabemos que a dança enquanto metáfora do pensamento é apresentada tanto ao longo da obra nietzschiana quanto no supracitado livro de Hermann Hesse. Assim sendo, nossa análise busca demonstrar como a dança envolve uma situação de entrega e aceitação da vida. Trata-se da dança como um pensamento de superação de si mesmo. Tal superação se dá no instante. O instante em que compreendemos a vida como um movimento em direção às suas infinitas possibilidades. Levando como base a investigação filosófica, nesse trabalho, iniciaremos apresentando o conceito de dança na filosofia de Nietzsche, em seguida exemplificaremos este conceito na obra de Hesse e, por fim, demonstraremos a relação entre dança, pensamento e afirmação da vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Márcio J. S. Lima, Secretaria de Estado de Educação e da Ciência e Tecnologia da Paraíba (SEECT/PB)

Doutor(a) em Filosofia pelo Programa de Doutorado Integrado ( UFPB-UFPE-UFRN). Professor(a) da Secretaria de Estado de Educação e da Ciência e Tecnologia da Paraíba (SEECT/PB).

Referências

BADIOU, Alain. A dança como metáfora do pensamento. In: BADIOU, Alain. Pequeno manual de inestética. Tradução de Marina Appenzeller. São Paulo: Estação Liberdade, 2002, p. 79-96.

GERVÓS, Luis Antonio de Santiago. Nos limites da linguagem: Nietzsche e a expressão vital da dança. Cadernos Nietzsche. São Paulo, Unifesp. v.1, n. 14, 2003, p. 83-104. Disponível em:<https://periodicos.unifesp.br/index.php/cniet/article/view/7847> Acesso em: 29 jan 2022.

HESSE, Hermann. O lobo da estepe. Tradução de Ivo Barroso. 34ª ed. Rio de Janeiro: Record, 2009.

LIMA, Márcio J. S. A influência de Jacob Burckhardt e o conceito de Força Plástica no pensamento de Nietzsche. Tese (Doutorado em Filosofia) – Curso de Filosofia, Universidade Federal da Paraíba. Paraíba, p. 166. 2018.

NIETZSCHE, Friedrich Wilhelm. Assim falou Zaratustra. Tradução de Mário da Silva. Rio de Janeiro: Civilização brasileira, 2010.

NIETZSCHE, Friedrich Wilhelm. A gaia ciência. Tradução de Paulo Cesar de Souza. São Paulo: Companhia das letras/Companhia de Bolso, 2012.

ROVIGHI, Sofia Vanni. História da filosofia contemporânea. Tradução de Ana Pareschi Capovilla. 4ª ed. São Paulo: Loyola, 2011.

Downloads

Publicado

2022-06-19

Como Citar

LIMA, M. J. S. . A dança na filosofia: uma análise a partir do pensamento de Nietzsche e da obra O lobo da estepe de Hermann Hesse. Griot : Revista de Filosofia, [S. l.], v. 22, n. 2, p. 242–252, 2022. DOI: 10.31977/grirfi.v22i2.2919. Disponível em: https://www3.ufrb.edu.br/seer/index.php/griot/article/view/2919. Acesso em: 28 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos