[1]
G. da P. Monteiro, “Um absoluto movente: considerações sobre monismo e pluralismo em Bergson”, Griot : Revista de Filosofia, vol. 18, nº 2, p. 86-99, dez. 2018.