Pescadores – Coletores do Litoral Fluminense: novos olhares, velhos problemas

Fishermen – collectors of the fluminense coast: new looks, old problems

Autores

  • Nanci Vieira de Oliveira Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

DOI:

https://doi.org/10.17648/2596-0334-v2i4-1454

Palavras-chave:

Sambaqui. Identidade. Sedentarização.

Resumo

O presente texto propõe realizar reflexões sobre o que fala a Arqueologia com relação aos sítios arqueológicos litorâneos, em especial os do Rio de Janeiro. Na década de 1980, as propostas histórico-culturais deram lugar para estudos sistemáticos voltados para respostas adaptativas das populações humanas em seus aspectos culturais e cronológicos. Estudos do espaço social dos sítios litorâneos resultaram em discussões sobre identidade cultural. O deslocamento do olhar sobre o sítio isolado para o agrupamento contribuiu para a quebra de paradigma dos chamados “nômades” para grupos que ocuparam por longos períodos um território com abundância de recursos, em uma relativa sedentarização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-06-29

Como Citar

Oliveira, N. V. de. (2020). Pescadores – Coletores do Litoral Fluminense: novos olhares, velhos problemas: Fishermen – collectors of the fluminense coast: new looks, old problems. Revista Nordestina De História Do Brasil, 2(4), 122-141. https://doi.org/10.17648/2596-0334-v2i4-1454

Edição

Seção

Dossiê Temático: História Ancestral do Brasil