Roundtables


Estudos inquisitoriais: um estado da arte comparativo

Moderadora: Elvira Mea – Universidade do Porto (Portugal)

  • América Hispânica
    Natalia Urra Jaque (Universidade Andrés Bello – Chile)
  • Brasil
    Lina Gorenstein (Universidade de São Paulo – Brasil)
  • Espanha
    Juan Ignacio Pulido – (Universidade de Alcalá – Espanha)
  • Portugal
    Fernanda Olival – (Universidade de Évora – Portugal)

Mesa temática 1 – Inquisição e sexualidades. Da Solicitação ao Nefando: Inquisição, repressão à sexualidade e cotidiano dos desviantes
Coordenador: Luiz Mott

  • Sodomita fugitivo e Teólogo eminente: Frei Inácio Coutinho, O. P.
    (Lisboa, 1590 – Sevilha,1647)
    Luiz Mott (Universidade Federal da Bahia)
  • A jurisdição privativa da Inquisição Portuguesa sobre o delito de solicitação
    Jaime Ricardo Gouveia (Universidade de Coimbra)
  • Sodomia, ascensão social e proposições heréticas: o lado oculto do Tribunal da Bula da Cruzada (1620-1645)
    Verônica de Jesus Gomes (Universidade Federal Fluminense)
  • Por uma Geografia do Nefando: espaços de socialização homoerótica destruídos pela Inquisição portuguesa (1620-1645)
    Wallas Jefferson (Universidade Federal do Paraná)

     

Mesa temática 2 – Inquisição e diáspora
Coordenador: José Alberto Rodrigues da Silva Tavim

  • A Meaningful Silence: The Escape of Crypto-Jews from the Iberian Peninsula to Bayonne (16-18th centuries), as Reflected in the Archives of Bayonne
    Nimrod Gaatone (Docteur en histoire – Centre Goldstein-Goren pour la recherche sur la diaspora – Universite de Tel-Aviv, Israel)
  • A Grande Cumplicidade de Lima (1635-39) e a aniquilação da comunidade conversa portuguesa no Peru
    Maria da Graça Ventura (Instituto de Cultura Ibero-Atlântica; Centro de História, FLUL)
  • A repressão além-fronteiras: as extradições de cristãos-novos entre as Inquisições ibéricas
    Ana Isabel López-Salazar (Universidad Complutense de Madrid)
  • A Inquisição vista da Diáspora nos séculos XVI e XVII
    José Alberto Rodrigues da Silva Tavim (Centro de História; Chair: Seminário Os judeus em Portugal e na Diáspora – Faculdade de Letras, Universidade de Lisboa)

     

Mesa temática 3 – Inquisição, sociedade e poder. La Inquisición vista desde abajo: testificaciones y deposiciones de gente corriente ante los tribunales de la Inquisición española y portuguesa
Coordinador: Ignacio Pulido Serrano

  • Las visitas de distrito en los libros de testificaciones: el Tribunal de la Inquisición de Cuenca en el silgo XVI
    William Childers (Brooklyn College – Estados Unidos)
  • Los libros de testificaciones del Tribunal de la Inquisición de Toledo y Corte: testificaciones contra portugueses de Madrid en el siglo XVII
    Ignacio Pulido Serrano (Universidad de Alcalá – España)
  • Los berberiscos en el Madrid del siglo XVII a través de las testificaciones del Santo Oficio
    Mohamed Saadan (Instituto de Estudios Hispano-Lusófonos de la Universidad Mohammed V – Marruecos)
  • Conflictos entre los inquisidores de Évora y la Universidad en el mercado local: los cadernos do Promotor de la Inquisición portuguesa
    Marco Antônio Nunes da Silva (Universidade Federal do Recôncavo da Bahia – Brasil)

Mesa temática 4 – Inquisição, Cristãos-novos e anti-judaísmo 
Coordenadora: Elvira Azevedo Mea

  • A Inquisição no Brasil
    Sonia Siqueira (Universidade de São Paulo – Brasil)
  • Cristãos-novos mouriscos: em busca de uma identidade perdida 
    Maria Filomena Lopes de Barros (Universidade de Évora – Portugal)
  • Inquisição, poder, sociedade e mentalidades
    Elvira Azevedo Mea (Universidade do Porto – Portugal)
  • Antijudaísmo e antissemitismo, em Portugal, no Antigo Regime e na Época Contemporânea 
    João Paulo Avelãs Nunes (DHEEAA/FLUC e CEIS20/UC – Portugal)

Mesa temática 5 – Inquisição e África 
Coordenadora: José da Silva Horta

  • Correspondência privada de judeus portugueses na Senegâmbia, no início do século XVII: laços familiares, relações de confiança e identidade religiosa
    José da Silva Horta (Centro de História da Universidade de Lisboa) e Peter Mark (Wesleyan University/Centro de História da Universidade de Lisboa)
  • A Ação do Santo Ofício em Cacheu: interesses da Coroa Portuguesa, poderes locais e cotidiano na África Ocidental (Século XVII)
    Vanicléia Silva Santos (Universidade da Pensilvânia/ Universidade Federal de Minas Gerais)
  • Subsídios para o estudo do Islã na África a partir da inquisição portuguesa (séculos XVI e XVII)
    Thiago Henrique Mota (Universidade Federal de Viçosa)
  • A doença do zumbi em Angola nos séculos XVII e XVIII
    Alexandre Almeida Marcussi (Universidade Federal de Minas Gerais)