O uso de teatro como estratégia de promoção da saúde

Autores

  • Eduarda Naiany de Oliveira Macedo Universidade Federal de Jataí
  • Barbara Dias Pereira Universidade Federal de Jataí
  • Lázara Michelle Araújo de Assis Universidade Federal de Jataí
  • Carla Fernandes da Silva Universidade Federal de Jataí
  • Marise Ramos de Souza Universidade Federal de Jataí

Palavras-chave:

Educação em saúde. Promoção da saúde. Teatro.

Resumo

O Teatro de Fantoches consiste em encenações que fazem o uso dos fantoches como personagens de uma peça. É uma forma lúdica de abordar temas cotidianos, misturando conhecimento e arte, e um meio de trabalhar educação em saúde. Objetivo: relatar a importância das ações de educação em saúde, por meio do teatro de fantoches em crianças de Centros Municipais de Educação Infantil de um município do Sudoeste Goiano. Método:  Atividade realizada por alunas do projeto de extensão PROVEC, intitulado: “O uso do teatro como estratégia de promoção da saúde”. Desenvolvido em um município do Sudoeste Goiano por 4 estudantes do curso de enfermagem, com início em agosto de 2019 até novembro de 2019. Utilizou o teatro de fantoches em quatro CMEI, com a encenação do tema ‘higiene corporal’, onde foram realizadas apresentações para as turmas de jardim e maternal, totalizando cerca de 540 crianças, em instituições de ensino infantil. Resultados: os resultados foram obtidos através de observação e questionamento aos docentes, que relataram aumento do aprendizado pelas crianças. Conclusão: Através desta ação extensionista, percebeu-se que o teatro de fantoches é uma boa estratégia de comunicação de saúde criança/profissional com linguagem mais simplificada para facilitar o da ideia transmitida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARAÚJO, Mércio Gabriel et al. Educação em saúde no ensino infantil: metodologias ativas na abordagem da ação extensionista. Revista de Enfermagem UFPE On line, Internet, v.7, nº1. p. 306-13, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/view/10235/10833. Acesso: 03 de fevereiro de 2020.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal: Centro Gráfico, Internet, 1988. Disponível em: https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/518231/CF88_Livro_EC91_2016.pdf. Acesso: 21 de janeiro de 2020.

CASEMIRO, Juliana Pereira; FONSECA, Alexandre Brasil Carvalho da; SECCO, Fabio Vellozo Martins. Promover saúde na escola: reflexões a partir de uma revisão sobre saúde escolar na América Latina. Ciência & Saúde Coletiva, Internet, v. 19, n. 3, p. 829-840, 2014. Disponível em: https://www.scielosp.org/pdf/csc/2014.v19n3/829-840/pt. Acesso: 10 de fevereiro de 2020.

CAMPOS, Cássia Noele Arruda et al. Reinventando práticas de enfermagem na educação em saúde: teatro de idosos. Esc Anna Nery, Internet, v. 16, nº 3. p. 588-596, 2012. Disponível em:http://www.scielo.br/pdf/ean/v16n3/23.pdf. Acesso: 16 de janeiro de 2020.

COELHO, Márcia Azevedo. Teatro na Escola: uma possibilidade de educação efetiva. Polêm!ca, v. 13, nº. 2, p. 1208-1224, 2014. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/polemica/article/view/10617/8513. Acesso: 03 de fevereiro de 2020.

COSTA, Gabriela Maria Cavalcanti et al. Promoção de saúde nas escolas na perspectiva de professores do ensino fundamental. Rev. Eletrônica de enfermagem, internet, v.15 nº.2, p. 506-15, 2013. Disponível em: https://www.fen.ufg.br/revista/v15/n2/pdf/v15n2a25.pdf. acesso: 03 de fevereiro de 2020

DIAS, Maria Socorro de Araújo et al. Política Nacional de Promoção da Saúde: um estudo de avaliabilidade em uma região de saúde no Brasil. Ciência e Saúde Coletiva, Internet, V.23, Número 1. p. 106-14, 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v23n1/1413-8123-csc-23-01-0103.pdf. Acesso: 21 de janeiro de 2020

GAZZINELLI, Maria Flávia et al. Teatro na educação de crianças e adolescentes participantes de ensaio clínico. Rev, Saúde pública, Internet, v. 46, n.6. p. 999-1006, 2012. Disponível em: https://www.scielosp.org/pdf/rsp/2012.v46n6/999-1006/pt. Acesso: 10 de fevereiro de 2020.

GONÇALVES, Fernanda Denardin et al. A promoção da saúde na educação infantil. Interface-Cominic. Saúde, Educ. Internet, v. 12, n. 24, p. 181-192, 2008. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/icse/v12n24/13.pdf. Acesso: 10 de fevereiro de 2020.

LIMA, Kátia Linhares; VIANA, Rebeca Sales. O teatro de rua como ferramenta para a promoção da saúde: A experiência no município de Sobral. Rev, Sanare, Internet, ANO VI, Número 1. p. 37-44, 2005. Disponível em: https://sanare.emnuvens.com.br/sanare/article/download/176/164. Acesso: 16 de janeiro de 2020.

MEDEIROS, Elaine Alano Guimarães; BOERHS, Astrid Eggert; HEIDEMANN, Ivonete Teresinha Schulter Buss. O papel do enfermeiro e as recomendações para a promoção da saúde das crianças nas publicações da enfermagem brasileira. Revista Mineira de Enfermagem (REME), Internet,V. 17 Número 2. p. 462-467, 2012. Disponível em: http://www.reme.org.br/artigo/detalhes/663. Acesso: 16 de janeiro de 2020.

MOURA, Karina Rumi. Abordagem da saúde da criança na educação infantil: Percepção de educadoras. 2012. 111 f. Dissertação (Pós Graduação em Enfermagem) – Centro das Ciências Biológicas e da Saúde, Universidade Federal de São Carlos, São Paulo, 2012. Disponível em: https://repositorio.ufscar.br/bitstream/handle/ufscar/3257/4981.pdf. Acesso: 21 de janeiro de 2020.

NAZIMA, Tue Jollo et al. Orientação em saúde por meio do teatro: relato de experiência. Rev. Gaúcha enfermagem, Internet, V.29, N° 1. p. 147-151, 2008. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/RevistaGauchadeEnfermagem/article/view/5313/3014. Acesso: 21 de janeiro de 2020.

PARO, César Augusto; SILVA, Neide Emy Kurokawa e. O teatro do oprimido e a promoção da saúde: tecendo diálogos. Trab.Educ.Saúde, Internet, V.16, Número 2. p. 471-493, 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tes/v16n2/1678-1007-tes-1981-7746-sol00110.pdf. Acesso: 28 de janeiro de 2020.

RAMOS, Jorge Amilcar Spencer. A contribuição e a importância do teatro na educação integral da criança. Instituto politécnico de Viana do Castelo, Internet, p. 125, 2013. Disponível em:http://repositorio.ipvc.pt/bitstream/20.500.11960/1537/1/Jorge_Ramos.pdf. Acesso: 16 de janeiro de 2020.

RAMPASO, Débora Alves de Lima et al. Teatro de fantoche como estratégia de ensino: relato de vivência. Rev. Bras. Enferm, Internet, v.64, nº 4, p. 783-5, 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v64n4/a24v64n4.pdf. Acesso: 28 de janeiro de 2020

SANTOS, Alessandra Regina da Silva. As implicações da teoria de Henri Wallon para a compreensão da dicotomia entre o saber e o sentir na infância. 2014. 69 f. Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) – Universidade Estadual de Londrina, Paraná, 2014. Disponível em: http://www.uel.br/ceca/pedagogia/pages/arquivos/2014%20ALESSANDRA%20REGINA%20DA%20SILVA%20SANTOS.pdf. Acesso: 28 de janeiro de 2020.

SILVA, A.A. et al. Ações de promoção da saúde no Programa Saúde na Escola no Ceará: contribuições da enfermagem. REBEn, internet, v.74 nº 1, p. 1-8, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0034-7167-2019-0769 Acesso: 30 de junho de 2021.

SOARES, Sônia Maria; SILVA, Liliam Barbosa; SILVA, Patrícia Aparecida Barbosa. O Teatro em Foco: Estratégia lúdica para o trabalho educativo na saúde da família. Esc. Anna Nery, Internet, V.15, Número 4. p. 818-824, 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ean/v15n4/a22v15n4.pdf. Acesso: 16 de janeiro de 2020.

VIEIRA, Marina et al. Infância Saudável: educação em saúde nas escolas. Expressa extensão, Internet, v. 22 n. 1. p. 138-148, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/expressaextensao/article/view/10808. Acesso: 03 de fevereiro de 2020

WILD, Camila Fernandes et al. Educação em saúde na sala de espera de uma policlínica infantil: relato de experiência. Rev Enferm UFSM, Internet, v. 4 n. 3. p. 660-666, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/reufsm/article/view/12397/pdf. Acesso: 03 de fevereiro de 2020.

Arquivos adicionais

Publicado

19.01.2022

Como Citar

de Oliveira Macedo, E. N., Dias Pereira, B., Araújo de Assis, L. M., Fernandes da Silva, C., & Ramos de Souza, M. . (2022). O uso de teatro como estratégia de promoção da saúde. Revista Extensão, 21(1), 96–103. Recuperado de https://www3.ufrb.edu.br/index.php/revistaextensao/article/view/2469

Edição

Seção

Relatos de Experiência

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.